sábado, 12 de novembro de 2016

The Beach Nut (Woody Woodpecker) - 1944

The Beach Nut

Boa noite pessoal, bom estou aqui para falar de um dos meus episódios favoritos do desenho Pica-pau, O Doido da Praia. Lançado em 16 de outubro de 1944, mostrava a luta e confusão entre o Pica-pau e o Leôncio (sua primeira aparição) em uma praia. O conflito leva a um cais de diversões onde Pica-pau se disfarça de yogi.




Uma multidão se reúne na praia para testemunhar a surra de Leôncio no Pica-pau. Leôncio, explica, em flashback, porque ele tentou se livrar do pássaro. Ele foi para a praia no seu dia de folga e infelizmente o detestável Pica-pau teve a mesma ideia de perturbar a paz do morsa.

Se você entende bem de animação, assim como eu, sabe que a direção, os fundos, a música, os traços são muito importantes e dão um tom único ao desenho. Ao longo das décadas, no desenho Pica-pau, existem eras diferentes, cada uma com suas respectivas características. E como naquela época havia uma gigantesca troca de animadores e diretores, essas características mudavam muito ao longo de apenas um ano.


A direção é do Shamus Culhame, que entrou no estúdio no final de 1943 e eliminou os traços coloridos e alegres presentes desde o início de 1942. Seu estilo é surreal, elegante e ao mesmo tempo simples, que não exige muito nos detalhes. Exemplo neste curta é que ele trouxe toda a elegância ao final de tarde em uma praia, misturando com um tom místico quando o Pica-pau se passa por um senhor da bola de cristal.

A música é do Darrell Calker, meu favorito da era clássica. Ele eliminou a música "boogie woogie" (música popular do início dos anos 40) e a trocou por uma música estilo "templo das emoções clássica", com violinos, e trilhas dignas de cinema.

Os fundos como já disse estavam mais simples. Mas característicos do diretor Shamus Culhame. Ele ficou no estúdio até o final de 1946, quando ele dirigiu o "Amigos Penosos".


O ano de 1944 do Pica-pau foi um ano musical, em todos os três curtas lançados neste ano, O Barbeiro de Servilha, O Doido da Praia e Ski para Dois o Pica-pau canta. Em "The Beach Nut", o Pica-pau canta My Bonnie Lies Over the Ocean. 

O enredo de O Doido da Praia é bem original e marcante. Eu já vi vários curtas de vários estúdios da época (Disney, Warner, Fleischer) e bem, considero "O Doido da Praia" bem original.


Todas as cenas desse episódio são bem incríveis, mas a minha favorita é a cena final quando o Leôncio (Wally Walrus) tenta jogar o pássaro pela corda no oceano, mas isso acaba destruindo toda a cidade praiana aos pedaços! E como não se esquecer da cena do Pica-pau disfarçado de yogi!

Curiosidade: Esse é o primeiro episódio que o Pica-pau tem os olhos azuis, e nele há a primeira aparição do morsa "Wally Walrus", Leôncio em português. Neste curta, o morsa antropomórfico era de cor escura. Dick Lundy, ex-empregado da Disney, um dos criadores do Pato Donald, teve seu primeiro crédito de tela exibido nos curtas do Walter Lantz, como animador principal.


Nenhum comentário:

Postar um comentário